Dieta Japonesa para emagrecer até 6 kg em 1 semana.

Dieta deve ser sinônimo de alimentação saudável, certo? E sabemos que a culinária japonesa é repleta de alimentos ricos em nutrientes. A dieta japonesa pode proporcionar uma melhor saúde e ainda estimular você a se manter em forma. Mas essa dieta japonesa que estamos falando não é a rica em peixes, arroz e tudo mais. Essa pelo que parece é uma “dieta maluca” conhecida no japão e não a alimentação tradicional do japonês. Pelo menos é essa teoria da origem desta dieta. É vista como uma dieta de emergência que dá um choque calórico no organismo e provoca uma perda de peso muito rápida.

A dieta japonesa é extremamente restrita e promete reduzir de 6 kg a 8 kg em uma semana.  A dieta é rigorosa e você não poderá sair da linha. A partir de agora entenda melhor o funcionamento da dieta japonesa e veja se esta dieta faz sentido na sua busca pelo corpo que deseja.

Vale lembrar que dietas restritivas podem provocar grande perda de massa muscular e mal estar. A ideia desta dieta é segui-la somente por 7 dias e depois passar a uma alimentação saudável, não tão restritiva. É como se o corpo sentisse a queda nas calorias, e também ficasse desintoxicado dos alimentos pesados, e depois de um tempo você volta ao normal no sentido de calorias, só que comendo saudável. Seja a seguir maiores detalhes sobre o funcionamento da dieta japonesa.

Advogado: Trabalhista, Cível, imobiliário e Família – 11 99396-7585

Como funciona

A dieta japonesa é restrita, não há exceções e você deverá seguir o cardápio à risca. Ela é o tipo de dieta que você não poderá fazer substituições. Ela possui fundamentos e é baseada em baixíssima ingestão de calorias. Você pode utilizar a dieta japonesa para obter perda de peso de forma rápida, mas claro, ela não pode ser mantida por muito tempo.

O cardápio da dieta não é baseado nos pratos típicos da cultura japonesa, suas refeições contam com frutas, legumes e verduras, o que nutre seu corpo e pode ser consumido sem maior preocupação. É difícil manter a dieta, pois ela apenas permite que você faça três refeições diárias e em pouca quantidade. Ela restringe os carboidratos e até proteínas de origem animal.

Alimentos que aceleram seu metabolismo

O consumo de chás e café é liberado. Essas bebidas podem intensificar a redução de medidas e até induzir à eliminação de toxinas. As bebidas proporcionam um melhor funcionamento de seu metabolismo, e com ele sempre ativo, todos os sistemas de seu corpo trabalharão com mais eficiência para conquistar o corpo que deseja.

Beba água

Uma das dicas mais importantes é você beber bastante água. Isso irá contribuir para desintoxicar o corpo e controlar a fome. Procure beber cerca de 3 litros de água por dia.

Dieta barata

A dieta não é de grande dificuldade. Os alimentos utilizados são de fácil acesso e de custo baixo. Muitas pessoas buscam argumentos para interromper uma dieta, mas no caso da dieta japonesa o alto valor não poderá ser utilizado como desculpa para você desistir de perder peso.

Motivação

É fundamental traçar metas e não medir esforços para conquistar o que deseja. A dieta japonesa pode proporcionar momentos de desânimo e grande ansiedade. Se você quiser realmente seguir esta dieta, deve lembrar dos resultados que está buscando.

Não pule refeições

Enquanto há dietas que indicam alimentação a cada três horas, na dieta japonesa é quase impossível pular refeições (por já serem poucas ao dia), mas é importante ressaltar esse cuidado. Seu corpo já estará deficiente em relação à uma alimentação normal, então não pule refeições, você só terá 3 ao dia. Então adiar a alimentação é garantir desequilíbrios em seu organismo.

Exercícios físicos

Eles poderão intensificar a sua perda de peso. Não há perda de peso saudável sem atividades físicas. É importante refletir que uma dieta induz a um novo estilo de vida. Conscientize-se que a dieta japonesa não poderá ser mantida por um longo tempo, pois a baixa de carboidratos e proteínas resultaria em prejuízos à sua saúde. Lembre-se que carboidratos são fundamentais para quem pratica atividades físicas intensas, então mantenha o corpo em movimento durante a dieta, mas de forma moderada.

Advogado Imobiliário (documentação imobiliária, reintegração de posse, usucapião, retificação de área e de registro e interditos proibitórios). 1199396-7585

Estilo de vida

A dieta japonesa proporciona resultados rápidos, e o emagrecimento requer uma reeducação alimentar e um novo estilo de vida que deve ser adotado por você. Sabe aquele efeito sanfona? Então, reconheça que sua alimentação não só deve ser saudável durante 7 dias, mas durante toda a vida. Se você apenas mantiver a alimentação correta durante 7 dias, deve se conscientizar que seu esforço será em vão, caso não siga uma rotina saudável depois.

Cuidado com as reações

O seu corpo poderá reagir negativamente à carência de carboidratos. É importante que você priorize o seu bem estar e analise suas reações. Se a alimentação causar estranhamento em seu organismo, você poderá ter tonturas e fraquezas durante o dia. Policie-se.

Cardápio

A seguir, você verá o cardápio limitado da dieta japonesa durante os 7 dias da semana.

Segunda-feira:

  • Café da manhã
    Café ou chá com adoçante;
  • Almoço
    Dois ovos cozidos com sal e verduras;
  • Jantar
    Um bife grande e salada de pepino e alface.

Terça-feira:

  • Café da manhã
    Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal;
  • Almoço
    Verduras e frutas e um bife grande;
  • Jantar
    Apenas presunto à vontade.

Quarta-feira:

  • Café da manhã
    Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal;
  • Almoço
    Dois ovos cozidos, salada e tomate à vontade;
  • Jantar
    Salada de repolho, cenoura e chuchu à vontade.

Quinta-feira:

  • Café da manhã
    Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal;
  • Almoço
    Um ovo cozido, cenoura crua ou cozida à vontade e uma fatia de queijo muçarela;
  • Jantar
    Salada de fruta à vontade e um iogurte natural.

Sexta-feira:

  • Café da manhã
    Café ou chá com biscoito água e sal;
  • Almoço
    Tomate à vontade e filé de peixe frito;
  • Jantar
    Bife e salada de frutas à vontade.

Sábado:

  • Café da manhã
    Café ou chá com biscoito água e sal;
  • Almoço
    Frango assado a vontade;
  • Jantar
    Dois ovos cozidos com sal.

Advogado do Direito de Família – 11 99396-7585

★★★★★ Este é um site de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico. ★★★★★

↑↑↑ O que você achou disso? Deixe seu comentário. ↑↑↑